|

domingo, fevereiro 27, 2005

Ainda se bate em PSL

Ser mebro de um partido político tem destas coisas. Quando não se concorda com a liderança eleita, aguenta-se ou sai-se. Como João Soares e Alegre, por exemplo. Alguns, no PSD, adoptaram uma política de quanto pior melhor, nomeadamente na campanha eleitoral. Pensei que agora PSL ajustasse contas com eles. Fazia sentido, creio, serem responsabilizados pelas suas atitudes. Mas as críticas a PSL saltam logo, automáticas, como a de Nuno Pacheco no Público de hoje.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home


Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com