|

segunda-feira, abril 17, 2006

Democracia refrescante

No Público de hoje, José Lello (Secretário para as Relações Internacionais do PS), sobre as críticas que apareceram aquando a visita de Sócrates a Angola, presumivelmente relacionadas com a não observância de algumas regras democráticas básicas e dos direitos humanos naquele país, escreve coisas como:

"Angola precisa de tempo para fazer as suas reformas e ajustes económicos e sociais e para refrescar a sua normalidade democrática . Por isso, em muitas das opiniões que têm sido expressas, há boas doses de intolerância e de acinte.

...a parcialidade de quem jamais consegue distanciar-se de uma postura de interferência abusivana questões internas de Angola...

...cortinas de fumo que se pretendem lançar sobre Angola..."

Lello, que em boa hora foi afastado da pasta do desporto para que se propunha de novo (lá ia o Boavista ser campeão e florescer a indústria da nandrolona), continua em boa forma...

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home


Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com